NO AR
08/10/2021 - 8:53:38

Com déficit de 805 leitos, MP propõe que Minas mantenha UTIs criadas na pandemia

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) propôs que o Estado mantenha abertos quase mil leitos de UTIs Covid que foram criados durante a pandemia do novo coronavírus.

Antes da crise sanitária, o território mineiro tinha um defícit de 805 leitos para atender os moradores com doenças graves. Por isso, mesmo quando a pandemia acabar, o órgão avalia que os leitos devem continuar funcionando.

A recomendação foi passada para o governador Romeu Zema e para o secretário de Saúde, Fábio Baccheretti, que se reuniram com representantes do MPMG .                                                               

Durante o encontro, o promotor de Justiça Luciano Moreira reconheceu que é de responsabilidade do Ministério da Saúde a manutenção dos leitos de UTIs. No entanto, frisou que todos os três entes da federação – União, estados e municípios – são responsáveis pela saúde pública.

Fonte: O Tempo

 

 

 

 

Compartilhar com: